Resenha: A Elite #2 - Kiera Cass

A EliteTítulo: A Elite.
Série: A Seleção #2
Autora: Kiera Cass.
Editora: Seguinte
Número de páginas: 360.
ISBN:  9788565765121

A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto, dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos.
America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher. E justo quando America tem certeza de que fez sua escolha, uma perda devastadora faz com que suas dúvidas retornem. E enquanto ela está se esforçando para decidir seu futuro, rebeldes violentos, determinados a derrubar a monarquia, estão se fortalecendo — e seus planos podem destruir as chances de qualquer final feliz.
A Série:
1. A Seleção
1.5 O príncipe
2. A Elite
2.5 O guarda
3. A Escolha
4. A Herdeira (já está em pré-venda!)

É impossível escrever sobre o segundo livro de uma série sem dar spoilers do primeiro livro. Entao se você não quiser spoilers pare de ler agora, ou se você ainda não conferiu  resenha que tem aqui no blog, você pode conferi-lá. A Seleção.

Não entendi o motivo, mas esse livro me deixou com uma ressaca literária.
Em A Elite, restam apenas 6 garotas disputando a seleção. America, Celeste, Kriss, Elise, Marli e Natalie. A seleção está se encaminhando para a sua reta final. Os ataques dos rebeldes estão sendo mais frequentes e precisos. E America está dividida.

"- O que está acontecendo aqui America?
- Meu coração está se despedaçando! É isso o que está acontecendo! Como você acha que é a sensação? Estou tão confusa agora, e você é a única coisa que me restou e não me ama o suficiente para me deixar respirar.
Comecei a chorar e ele finalmente me acalmou." - Pág. 337

Neste livro vamos ver que nem tudo são flores no palácio. Na verdade os dias por lá estão bem difíceis, pois estão sofrendo ataques tanto dos rebeldes do sul quanto os do norte.
Como uma das 6 garotas será a futura rainha de Iléa, elas estão tendo aulas para prepara-las para as tarefas de uma verdadeira princesa e futuramente rainha. Mas Maxon já sabe quem será a sua princesa, agora resta saber se a garota estará disposta a ter essa grande responsabilidade.
No inicio do livro America e Maxon estão cada vez mais próximos, mas com o passar da história, coisas vão acontecendo e eles acabam se afastando.

"Como havia sentido falta desses beijos, tão serenos, tão certos. Eu sabia que, em toda minha vida, se me casasse com Aspen ou com outra pessoa, ninguém me faria sentir assim. Não era como se a minha presença fizesse o mundo  dele mais feliz. A sensação que eu tinha era de ser o mundo dele. Não havia explosões. Não havia fogos de artificio. Era uma  chama lenta queimando de dentro para fora." - Pág. 324.

Aspen continua sendo um guarda do castelo, e nada tira da sua cabeça de que ele e America definitivamente são feitos um para o outro. E que devem ficar juntos independente do que aconteça.
No primeiro livro, nós já havíamos percebido de que America tinha um temperamento forte, o seu primeiro encontro com o príncipe demonstra isso. Mas no segundo livro o temperamento dela se mostra bem mais forte ainda, o que acaba acarretando muitas consequências.
E Maxon aiai *-*, consegue ser mais fofo ainda. Não preciso dizer que adoro o Maxon né? Acho que na minha resenha dos Contos da Seleção, acho que ficou meio óbvio.
"Príncipe Maxon, herdeiro do trono de Illéa, gostava de mim. Ele me flaou na semana passada que se eu dissesse, sem nenhum ressalva, que me importava com ele assim como ele se preocupava comigo, toda essa história de competição estaria acabada. Eu até consideraria essa ideia, ficava imaginando como seria pertencer a Maxon.
Mas o problema é: Maxon não me pertencia ...." - Pág. 8.

A rainha Amber, é uma personagem tão carismática ela é como uma mão para as meninas. E até agora estou pensando o que ela viu no Rei Clarkson???
No primeiro livro, ele quase não parece, mas em compensação no segundo aparece até demais pro meu gosto. E só aí entendi porque, as pessoas não gostavam dele. Engoli ele até os últimos capítulos do livro, porque eu pensava que: Ah, ele é o Rei, tem que comandar com mãos firmes o país, tem que ser rígido e tal, mas acho que no antepenúltimo capítulo eu achei ele abominável. O que justifica tratar o seu próprio filho daquela maneira? Só quem leu sabe, e eu não vou falar pois vai ser um big spoiler.
A Elite, é um livro que eu gostei, mas como eu já li A Escolha, preferi mais o último por que será?
No segundo livro, a questão do governo está mais presente. Muitos dizem que a série A Seleção,  é uma distopia, mas a questão do governo não é muito retratada e sim o romance, que não estou reclamando, adoro.


Eu já li o último livro da trilogia série, e só posso adiantar AMEI!!!
Em breve resenha para vocês.

2 comentários

  1. Eu já li esse livro e foi o que eu menos gostei na série, mas, ainda assim, vale a pena a leitura. Beijos.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é eu também não gostei muito, mas vale a pena a leitura.

      Excluir

Nome:
Blog/Site:

Topo