Cidade de Vidro - Cassandra Clare

Cidade de VidroTítulo:Cidade de Vidro.
Série: Instrumentos Mortais #3
Autora: Cassandra Clare.
Editora: Galera Record.
Número de Páginas:474
ISBN:  9788501087164
Nota: 5/5 <3

Cidade de Vidro - Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

A Série:
1. Cidade dos Ossos
2. Cidade das Cinzas
3. Cidade de Vidro
4. Cidade dos Anjos Caídos
5. Cidade das Almas perdidas
6. Cidade do Fogo Celestial

Por que eu demorei par ler tanto esse livro?

Impossível falar de Cidade de vidro, sem dar spoilers de Cidade dos Ossos e Cidade das Cinzas. Então se você não leu nenhum dos dois livros citados, bye, bye, pois infelizmente você pegará spoiler.



O ponto de partida da história é os Shadowhunters do Instituto estão todos indo para Idris - cidade cede dos shadowhunters, ou como pode ser conhecida Cidade de Vidro. Junto com eles, Clary também que ir para lá, pois lá esta o feiticeiro que pode reverter o estado de sua mãe. Mas Jace não quer que a irmã vá pra lá, quer protegê-la, por isso mente para ela a hora que eles vão e pede para que Simon faça a cabeça da garota para ela ficar, mas durante essa conversa, há um ataque de demônios e Simon fica ferido. Se Jace deixasse Simon ali, ele iria morrer, então decide levá-lo para Idris também. Detalhe: Em Idris membros do Submundo não entram!

Mas, Clary, quando descobre que eles já estão em Idris, pede para Magnus o ajudar, mas como ele já havia criado um portal para lá, por onde eles foram, não poderia abrir outro logo em seguida. E o que a Clary faz? Pois é, ela mesma cria o seu próprio levando o coitado do Luke junto. Mas ela tem uma sorte tremenda de cair em um lago que a faz quase morrer. Pois este Lago Lyn é onde o anjo Haziel, aparece com os instrumentos mortais, por isso ingerir a água deste lago, pode ser considerado mortal.

Enquanto Clary está lutando para sobreviver, Jace está interagindo com dois recém chegados caçadores de sombras: Sebastian e Aline, que também estão na cidade por causa da reunião que está acontecendo, pois é dever de todos os caçadores de sombras impedir que Valentim, ponha as mãos no terceiro instrumento mortal. 
"Mas Deus sabe, não quero ninguém além de você. Sequer quero querer alguém além de você - passou os dedos levemente pelo cabelo de Clary, tocando suas bochechas com as pontas dos dedos. - Agora pelo menos sei por quê." Pág. 192
E Simon, está em grandes apuros, já que a Clave descobriu que há um membro do submundo em Idris, e Simon já é bem conhecido por ser o único vampiro que pode andar a luz do dia. E a clave vai fazer de tudo para descobrir o motivo.

E enquanto tudo isso, vai acontecendo, Valentim, está colocando o seu plano em prática, e será que quando os caçadores descobrirem o que ele está tramando não será tarde demais?

Quando eu via as pessoas dizendo que a série Instrumentos Mortais, poderia muito bem terminar no terceiro livro, eu achava que não dava, porque senão não teria motivos de se ter mais três volumes pela frente. Mas depois de ler esse livro, devo dizer que concordo com essas pessoas. Mas Clare, inicialmente imaginou Instrumentos Mortais, como uma trilogia, mas ainda bem que ela resolveu dar continuidade. OK, seria um bom final??? Sem sombra de dúvidas, mas ela deixou uma brecha em aberto, que quando acabou eu fiquei: 'Adorei o final, mas o que aconteceu com aquela pessoa? Onde ela está? Por que não aconteceu isso'.

Na realidade, os próximos volumes são -acho eu, não li sinopse, para evitar, quero ser surpreendida- escritos de outro ponto de partida, pois é meio que impossível seguir o mesmo fio de meada dos livros anteriores.
"Não dá pra fingir... Eu amo você, e vou amar até morrer, e se houver vida depois disso, vou amar também." Pág 195. OWNT *-*
Queria falar tanta coisa nessa resenha para vocês, mas o problema é que eu não posso, pois assim daria muitos spoilers para vocês, e tenho que me segurar.

Não sei se é pelo fato de ter lido os dois primeiros livros há algum tempo atrás, mas achei os personagens - no geral-, bem mais maduros. A Clary continua agindo por impulso? Sim, mas eu pude ver com mais clareza o motivo dessas ações. Tinha momentos que eu sentia tudo o que os personagens passavam . E olha que o livro tem muitos momentos que te fazem roer as unhas. Só para deixar claro, detestei o Valentim, mais ainda neste livro.

A única coisa que posso dizer, é que este livro é o melhor da série até agora. Leiam!!!!
" As pessoas não nascem boas ou ruins. Talvez nasçam com tendências a um caminho ou outro, mas é a maneira como se vive a vida que importa. E as pessoas que conhecemos. [...]" Pág. 266

Que venha Cidade dos Anjos Caídos.

E você já leu esse livro? Deixe nos comentários o que você achou dele. Mas sem spoilers.

2 comentários

Nome:
Blog/Site:

Topo