Minhas leituras do mês de Junho

Olá, hoje trago para vocês as minhas leituras do mês de junho.
Devo dizer que foi um mês produtivo, pois li cinco livros e dois livros, ainda não terminei.
Vamos ver o que eu li?

Eu comecei o mês lendo O Manifesto do Partido Comunista, do Marx e Engels. Eu li este livro, duas vezes, porque, eu tinha de fazer um trabalho da faculdade dele, e como valia uma bela nota, não custava nada ler mais do que uma vez. Por que nota sempre é bom néh?
Ele faz uma bela retomada da história, destacando a burguesia e o proletariado. É um livro pequeno, só para se ter uma ideia o livro contem 109 páginas mas a história mesmo só começa na página 43 e vai até a 83, depois disso vem uma notas e posfácio. 
Este livro não vai ter resenha por aqui, porque, alguns livros são complicados para se fazer uma resenha, e esse é um desses.

Depois, eu fui para o campo da distopia. E nossa, não é só a capa que é linda, a história é fantástica. Pense em distopia misturada com sobrenatural, pensou? A resposta é Estilhaça-me, da autora Tahereh Mafi.  A escrita é fantástica e você nem percebe que está virando as páginas, pois você quer saber logo o que vai acontecer. Em breve resenha.
O terceiro livro lido foi - aiaiai- pausa da maravilhosa Colleen Hoover. Esta autora já está entre as minhas favoritas. Assim como Métrica, Pausa é puro amor. Quem dá continuidade a história é Will. Se eu já amava o Will, no primeiro livro, imagine no segundo néh? Vai ter resenha, mas não sei quando.
Até agora o livro com o maior título que eu já li, A probabilidade estatística do amor á primeira vista, da Jennifer E. Smith. O que dizer? Que é um livro muito fofo, e que mesmo sendo fofo, te faz refletir sobre alguns assuntos. Uma ótima dica se você está procurando alguma coisa leve e descontraída. Terá resenha.
Depois, de um livro fofo, parti para Markus Zusak. E como eu me surpreendi com este livro. Acho que eu esperava um pouco com algo parecido com a Menina que roubava livros - que para mim, é um dos melhores livros que já li até hoje-, mas Eu sou o mensageiro, é totalmente diferente, com palavrões e mostrando a dura realidade dos bairros do Brooklyn. Mas, eu parei na metade do livro, porque, estava ficando muito enrolado, e decidi dar um tempo. Será que é característico do autor? Porque A menina que roubava livros, eu dei três pausas, mas valeu a pena, espero que com esse seja igual.

Dos livros para o e-book. Em parceria com a Editora Novo Romance, eu li o seu primeiro lançamento A Virgem, da autora Lídia Medeiros. Faltam 20 páginas para terminar a leitura, e estou adorando. Só acho que a Tânia tem que sofrer, mas ainda a história não acabou. Vocês v]ao entender maia na resenha, que se tudo der certo vai sair esta semana ainda. Mais, super indico, a leitura flui super bem, e é um livro bem leve, e com humor.
Intercalando, com o e-book, por que na minha cidade ler em celular, não é muito seguro, escolhi O segredo de Ella & Micha, da Jessica Sorensen. Estava super curiosa para ler, pois todas as críticas e resenhas que eu li a respeito desse livro só diziam coisas boas e estavas certas. O livro é muito gostoso para ler. Um fato interessante a história mostra o lado de vista de Micha & Ella, simultaneamente. E a capa é linda. Os New Adults estão se tornando meu gênero favorito.

Todas as leituras do mês foram boas e leves. E quando reuni todos, me espantei pois até que consegui ler bastante coisa no meio de provas e trabalhos.


Beijux até a próxima ;)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Nome:
Blog/Site:

Topo