Resenha: O Teorema Katherine - John Green

Título: O Teorema Katherine
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 299


Devo confessar que John Green, está se tornando um dos meus escritores favoritos. Adoro a maneira que ele escreve. No começo tava achando muito chato, mas foi um livro que me rendeu várias risadas, e os personagens são muito fofos, conseguiram me conquistar.
O livro conta a história de Colin, um menino prodigio, não fala no livro mas ele deve ter uns 17 ou 18 anos. No inicio você acha que o garoto deve ter um sério problema, ou que é realmente muito fascinado por uma pessoa. Ele teve dezenove namoradas, todas com o mesmo nome: Katherine. Se bem que a primeira eu nem considerei como um namoro, um relacionamento de dois minutos e meio, não se pode ser considerado alguma coisa.
No inicio da história, Colin acabou de levar um fora da Katherine 19, ele realmente está muito mal, é como se o mundo para ele não fizesse mais nenhum sentido. Ele e Hassan, decidem cair na estrada, para ver se consegue que Colin esqueça um pouco a ex, e também Colin precisa de um tempo para elaborar a sua teoria.
Eles entram no Rabecão - carro do Colin- e seguem sem destino nenhum, até que eles veem uma placa para ver o corpo do arquiduque Ferdinando, - para quem não se lembra foi este o estopim da Primeira Guerra Mundial- que fica na cidade de Gutshot. Nesta cidade eles conhecem Lindsey, sua mãe Hollis, e várias outras pessoas. O que no começo era uma viagem sem destino, acabou que eles iriam passar o verão inteiro em Gutshot. Tanto Colin quanto Hassan irão amadurecer.
Só porque o livro é cheio de gráficos, e tal, não quer dizer que ele é chato, na verdade ele é muito interessante. Se você é daqueles que odeiam a matemática, passa bem longe dela, fique tranquilo. Não tem muita, só no último capítulo mesmo, que é explicando o teorema, mas como o próprio John Green, falou é um capítulo opcional, se você quiser você lê, se não, não. Mas na minha opinião se você já leu o livro todo, porque, não ler mais um? Afinal, é a explicação da teoria de Colin, que é muito interessante.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Nome:
Blog/Site:

Topo